13 de agosto de 2010

acontece .


porque hoje as armas encontram-se sobre os chãos , e eles caminham sobre elas , com os corações nas mãos , lado a lado tentam não rir , não chorar e nem sequer se falar . ela grita , chora e ri-se para ela , guarda tudo em si , não liberta um bocado do seu ser para ele , pois sabe que se afirmar que o ama uma vez mais não mudaria completamente nada .
ele com as mãos no chão tentando agarrar as armas dos outros tenta arranjar forças para calar o sentimento , abraça-la e realizar todos os sonhos de ambos , mas não o faz , não se sente digno de o fazer .
ela cansada cai sobre o chão , o pó cobre os seus pés descalços , e ela escreve no chão com um pequeno pau o quanto precisa dele , e passa as mãos pelo rosto deixando tudo puro que havia nele desgraçado e sujo , olha em redor á procura da bela imagem do seu tão esperado amado , mas apenas avista-o já longe , não esperou por ela , deixou-a ali caída no chão , não lhe estendeu a mão … e caiu uma lágrima pelo rosto dela , deixando um pequeno caminho branco no rosto bonito dela .
secou a lágrima , soltou o cabelo e virou as costas , não se importou com o seu perfeito sonho , ele , e segui-o um caminho diferente do dele . os seus pés após longos metros de caminho encontravam-se cansados , sujos e deveras magoados , e olhou para eles e sentou-se numa pequena rocha que se encontrava perto dela , esperava que o seu coração acalmasse , ela suponha que ele estaria assim pelo esforço dela ao caminhar durante longas horas , mas estava redondamente enganada , o coração não estava cansado , estava completamente desfeito em pedaços , e a sua alma estava afogada em lágrimas que ela insistiu em controlar .
acabou por adormecer e sim , sonhou com ele , e quando acordou estava ele ao lado dela fingindo estar preocupado com ela , perguntando se ela estava bem , dizendo que pensava que nunca mais a iria ver , bem , dando a entender que ele se importava com ela . abraçou-a num estante , mas ela derrubou-o no chão e disse-lhe que ele não se importou com ela , quando ela mais precisava dele , que ele não lhe deu o devido valor quando ela dava a vida por ele . pegou apressadamente na sua bolsa , e correu para trás de uma arvore chorar a perda do amor da sua vida .
e hoje ele pensa que se a encontrar amanha ela vai estar de braços abertos , disposta a carregar a dor de ambos .
engana-se ,
ela ainda se encontra encostada á arvore , a chorar , a gritar e a sofrer sozinha ,
e não espera que ele venha .

15 comentários:

Moreira disse...

Perfeito, ;) muito bem :)

martasousa disse...

- qe lindo.

friendshiptoalways disse...

não sou nada querida , é mesmo a realidade :$
olha , amei este texto também :o e sim o amor só nos surpreende , mas muitas vezes também erramos tão feio :/
tenho orgulho em ler o que escreves :$ muito bonito mesmo!

Catarina Santos disse...

Escreves mesmo bem.

Dryka Sales disse...

nossa, adoorei *o*
" ela ainda se encontra encostada á arvore , a chorar , a gritar e a sofrer sozinha"
emocionei =') haha

Gabriela Marques disse...

Quando perdemos um amor ficamos em pedaços, o coração se desfaz e tudo se torna mais difícil. Mas precisamos continuar, seguir em frente. Sempre!

Muito legal o texto, como sempre. Beijos!

Isabel disse...

Acredito querida :$

Isabel disse...

Muito obrigada querida (:
Quando se ama realmente alguém e de um momento para outro tudo termina, dói e remói. Mas a vida continua, o tempo passa e cabe-nos a nós erguer a cabeça e seguir em frente por muito que nos custe.
Acredito que depois da forte tempestade, vem sempre a bonança (:
Força nisso *

Moreira disse...

calma tudo se resolve ;)

meus instantes e momentos disse...

que belo texto.
Bonito e bem escrito.
Parabens pelo blog.
Maurizio
* mude a cor dos textos , para facilitar a leitura.

V'Andreia disse...

Amei :o

martasousa disse...

tens muito jeito.

RuteRita disse...

Já temos algo em comum , ves (:
AMEI !

friendshiptoalways disse...

- que lindo , á pessoas que nos voar e escreves estas coisas tao maravilhosas *.*
(escreveste isto no comentário que me fizeste mas acho que faltam palavras e eu não entendi) podes explicar-me :$

não me canso de ler estes textos teus , acredita +.+
acho fantásticos e tu é que escreves maravilhosamente bem (eu não) :$
obrigado!

Tatá disse...

me identifiquei com ela. simples assim. acho que ficarei nesta arvore´, intacta pra sempre.