4 de agosto de 2011

this is so wrong, I can't go on.

Podias ter feito cara de idiota quando te perguntei o que sentias por mim, podias ter-te rido da minha cara ou teres dito com clareza que eu não tinha nem nunca tive o teu coração. Terias cortado o mal pela raiz, tinhas-me calado a boca de uma vez e deixavas o meu coração e os meus ouvidos com a certeza de que a próxima palavra dirigida a ti seria “adeus”. No entanto quando te questionei desesperadamente, tu só foste homem de me puxar para ti e me beijar. E isso na minha cabeça pelo menos foi como “eu gosto de ti, por muito que eu não queira”. E isto é o que ainda mantem o meu coração ligado ao teu. É o que me corrói a mente todas as noites e o que despedaça o meu coração quando lembro que estás entregue a outra. O que me mantem na dúvida do que és, do que queres e do que sou. Talvez esta pergunta tenha estado dentro de mim desde que nos conhecemos, nunca soubeste pôr os pontos nos i’s nem esclarecer a ti mesmo o que era eu para ti. E na dúvida em que vivias nunca foste meu a 100%. Quando estive prestes a cair não soubeste se seria bom dar-me a mão e deixaste que me arrebentasse toda por todos os lados quando cai. Mas já me protegeste dos perigos da noite e já concordas-te comigo, mesmo sabendo que eu não tinha razão.
Acho que desde o início dependo de ti, por isto. A falta da resposta à pergunta mais importante. 

33 comentários:

• cláudiasofiagomes disse...

a tua escrita é divinal. e a tua força é astronómica.

CatarinaFerreira* disse...

Gosto muito (;
Tu escreves tão bem , são todos maravilhosos minha linda*
Claro que sabemos babe , vamos ser muito e muito mesmo :D
amo-te*

. af * disse...

obrigada fofinha (:

your love is my name disse...

gostei muito!

anamargarida disse...

a sério a sério. entendes? $:

anamargarida disse...

é tão.. bom? $:

anamargarida disse...

o amor querida. falo-te do amor.

anamargarida disse...

claro. eu amo e sofro. mesmo que de certa forma seja um amor correspondido. enfim, é uma grande história a minha.

* dianaa disse...

tãoo lindo :o

anamargarida disse...

e diferente à sua maneira.

* dianaa disse...

escreves mesmo bem :o

ines maria disse...

gosto muito, mas basicamente sao todos iguais

diana disse...

AMEI o blog , sigo *

Andreia disse...

compreendo-te e fizeste-me arrepiar. sigo*

* dianaa disse...

Ainda bem *-*

• cláudiasofiagomes disse...

mas tu tbm o és princesa!

anamargarida disse...

mas existe com cada história de amor, mai lindaa *.*

anamargarida disse...

verdade mesmo.

• cláudiasofiagomes disse...

é bem verdade!

* dianaa disse...

tu é que és *-*

* dianaa disse...

Dizes-me o nome da tua musica? $:

Andreia disse...

obrigada eu. adoro o design do teu blog *.*

* dianaa disse...

Obrigada *-*

your love is my name disse...

sou nd :))

alexandra marques disse...

está bonito, força*

diana disse...

obrigada querida *-*

bruna andresa disse...

muito bom mesmo! aaaai, nem imaginas o quanto adoro ler os teus textos, escreves lindamente

Mariana Ferreira disse...

escreves que é uma coisa fenomenal: adoro!

CatarinaFerreira* disse...

Eu sei como é bom amor , mas acredita que é mesmo verdade**
Claro que sim , vamos ser à nossa maneira , nem que seja a chorar, a rir , a fazer cenas ou parvoíces , mas vamos ser felizes :D
amo-te minha princesa mais linda ;p

Mariana Ferreira disse...

é mesmo, obg!

bruna andresa disse...

é verdade, adoro a forma como escreves :))

martasousa disse...

que lindo.

Alexandra Oliveira disse...

" nunca foste meu a 100% "
sei o que é isso

adoro o teu blog
ja estou a seguir :)