18 de novembro de 2012


"Se formos bem a ver nunca fomos nada, apenas duas pessoas a satisfazer a vista com os desejos da mente. Tu já quiseste que te tocasse, que te beijasse, já quiseste muito mais de mim do que eu quis de ti, mas eu fui sonhando, fui tentando não pensar em ti, tentando acreditar que tu eras a pessoa que seria incapaz de me fazer feliz. 
Perdi-me em ti. Perdi-me no teu silêncio, no teu sorriso e na treta de haver alguém no nosso meio. 
Talvez nunca te tivesse odiado de verdade, talvez eu quis considerar por ódio o facto de saber que era impossível chegar-me de novo a ti." mariliaqueirós

2 comentários:

CatarinaFerreira* disse...

Não tem mal querida (;
Espero que esteja mesmo tudo bem.
E alguma coisa, já sabes**
Beijinhos.

Pensando com Arte disse...

Ai esta imagem faz-me lembrar o diario de um vampiro ... s:
Pensando com Arte,
com muitos beijinhos *