15 de julho de 2010

amo-te .

p'ra que vou eu dizer que te amo , que és tudo para mim , se tu nunca entenderás ? o que realmente importa coração é que tu me amas , e eu vejo isso quando te tenho por perto . eu vejo tu olhares para mim quando eu ando , quando me rio até mesmo quando o meu perfume se espalha pelo ar . mas , agora o meu vestido já nao tem o toque especial para ti , e a minha pintura já nao condiz com as tuas roupas ...
 coração , já nao sou exactamente quem tu conheces-te e brincaste , já nao sou a sentimentalista que á dias julgavas ter na mao . gosto de olhar para ti , com aquele olhar de quem nao quer a coisa , e gosto de passar por ti calar e seguir , torna-me demasiado fixe para ti .
podias pegar neste instante na minha mao e dizer que eu sou a tua princesa e que queres ficar para sempre comigo , mas isso já nao conta , é tao irrelevante .

bebé , nao sabes que o modo de amar também muda ?
amo-te .


posso mentir em tudo ,
menos num amo-te .


4 comentários:

lau' disse...

Adorei! eu tbm me sinto igual nuum aspeto! Sou mesmo demasiado "fixe. boa, querida, atenciosa, tudo" para ele, ele não me merece, permanece um "amo-te", permanece (ele) num lugar no meu coração, mas tudo mudou, eu mudei.... e o sentimento alterou-se... :)


bjinho!

lau' disse...

Espero mesmo que as coisas mudem miss;
fico feliz que tenhas gostado do meu blog,, e obrigada por seguires, um
kiSsº x)

Isabele disse...

Pode mudar o jeito, mas não muda o sentimento. Lindo esse texto!

Tatá disse...

bela declaração! :)