2 de julho de 2010

quando penso em ti , as minhas maos tremem , a minha respiração fica mais fria , um arrepio percorre o meu corpo e o mais importante e mais irritante é que o meu coração batuca tanto e eu fico desesperada , saudosa e inquieta nao sabendo como reagir . pareço talvez um pouco maluca ao tentar escrever o que nao á palavras para ser explicado e ao sentir o que nao posso dizer que sinto , mas é impossível eu nao tentar (...)
apesar das tuas fotos apagadas do meu computador vêm-me á cabeça de minuto em minuto e sinto-me revoltada comigo mesma ao pensar em tudo que vivemos .
 o meu coração mente porque já nao tem mais forças e razoes para continuar a bater .

16 comentários:

Sara Pereira disse...

pois não, mas um dia vamos acabar por nos conhecer-mos a nós próprios.
Quanto a este texto, está muito sincero. E força !

FLÁVIOMATA disse...

Sim, é a única solução (:

FLÁVIOMATA disse...

Nem sempre, nem sempre!

FLÁVIOMATA disse...

Não concordo.

FLÁVIOMATA disse...

O que não quer dizer que fiquem resolvido, logo não tiveram solução.

FLÁVIOMATA disse...

Não disse o contrário.

FLÁVIOMATA disse...

Não está :b

FLÁVIOMATA disse...

Está bem :b *

FLÁVIOMATA disse...

Está sim :b (enganei-me, desculpa)

FLÁVIOMATA disse...

Tenho pena :/

FLÁVIOMATA disse...

óptimo :b

JoanaCardoso' disse...

mesmo pensandoe acreditanto ele bate, foi algo nosso foi algo sentido , e normal que nao passe , mas a seu tempo virá acredita *
Beijo, amo te !

belinha disse...

de nada :)
gostei mesmo do teu blog +.+

Neuza disse...

adorei o texto! verás que ainda vais arranjar forças e conseguir ultrapassar isso :)

Sofia (': disse...

vais ultrapassar tudo amor , eu sei*
amo-te*

Neuza disse...

mais vale lutares, do que não lutares e depois arrependeres-te. :)