4 de agosto de 2010

tou bem .

porque haveria de escrever que tu não continuarás a viver em mim , se é mentira ? viverás sempre , em cada célula do meu corpo , ficarás sempre , e quem sabe eu vou guardar-te , guardar o passado digo , numa pequena caixinha no meu coração . e não vou chorar nem gritar e muito menos implorar para que venhas , e que vivamos um futuro , não te vou obrigar a completamente nada , tu fizeste a tua escolha , a pior para mim , enfim . foi sempre assim como te vou dizer , escrevi , escrevo e escreverei com o coração , tudo que te disse foi tudo o que sentia , nunca te menti , disse-te não quando devia ser dito e disse-te os mais perfeitos sim(s) quando os devias ter ouvido , nunca brinquei com o nosso amor . para te ser sincera , o nosso amor era como um brinquedo , onde nós éramos as crianças e o partilhávamos , não estou a dizer que é um jogo , não o foi nem por um segundo , apenas é uma bela comparação , visto o que partilhávamos .
 infelizmente hoje sei que para ti não significou a ponta de um charuto ! não me magoa o facto de me teres deixado admito , até nem tou mal sem ti , pelo contrario só apenas o facto de me teres feito sonhar , dado esperanças e feito planos para um futuro a dois tenha sido tudo dito da boca para fora !

7 comentários:

Moreira disse...

Além do texto estar bom, tenho que realçar a musica...que está smpre comigo...ou melhor...permanent... ;) boa escolha

Rute disse...

Gostei muito !

Moreira disse...

nd ;)

Moreira disse...

lool gostei da rsp...:p

martasousa disse...

yá por acaso.

C. disse...

Adorei este psot, um dos melhores que já li :'$

alexandrapinto disse...

Adoro!