13 de janeiro de 2011

And I know that is no more .


Não o tinha esquecido mas já não gostava dele e isso derrotava tropa por tropa do meu coração, deseja que ele me aparecesse á frente mas não tinha vontade de o ver, talvez lhe quisesse falar mas nunca soube criar uma frase que me desse um motivo para o fazer aliás sentia que não lhe tinha mais nada para dizer.
Confesso que ele me continuava a matar por dentro em cada palavra e provavelmente a dor que sentia no peito a cada noite vinha de saudades, no entanto só sentia aquilo pela simples razão de me acostumar a tudo que tinha, devo por outras palavras dizer que o tinha a ele e era somente a ele que eu dedicava o meu tempo. Anima-me cinicamente não me conseguir lembrar do que eu era, de como estava e de como dividia o meu tempo, nisto quero dizer que ele era mais que eu, só me importava com ele, dependia nitidamente dele e do que ele fazia.
No presente sou eu, brilho com o meu próprio brilho e caminho já sem rumo, já nem temo vê-lo por ruas e avenidas.
Quero acrescentar uma coisa inesquecível, ele deu-me o melhor do mundo e no dia seguinte fez com que uma realidade vira-se segredo e talvez tenha sido mesmo isso que acabou com o pouco amor que ainda restava em mim. 



(inventado)

38 comentários:

juca ♥ disse...

que lindo meu amor . cada vez escreves ainda melhor ♥

• cynthia bs disse...

Oh meu bem, tens uma perfeição na escrita que me faz querer ler mais e mais teus lindos textos (: Ah, e a tua foto do perfil está mesmo tão linda **

RuteRita disse...

está lindo !

Cátia Mourisca disse...

LINDO!

de' afonso ☮ disse...

amei o texto, foi sentido e isso é o essencial! $:

Daniela disse...

Nunca mas mesmo nunca duvidarei meu amor *-*

Tão lindo (:

juca ♥ disse...

muito obrigada amor ♥
adorei mesmo *.*

RuteRita disse...

cmo podes ver, não está nada demais

RuteRita disse...

não como quero

RuteRita disse...

não como quero

Daniela disse...

Sim meu amor (:
Sabes que amo os teus textos *-*

RuteRita disse...

não como quero

juca ♥ disse...

escreves tao bem . e impossivel nao gostar *.*

Anna Munhoz disse...

:) linho ?

Catarina disse...

no fundo no fundo pensamos que ja nao gostamos d'ele' mas alias nunca o poderemos esquecer. ficara sempre. incomodamo-nos quando esta com outra, queremos que ele lute por nos, etc...
gostei muito
a musica e linda

ps: "(...)por tropa do deu coração, (...)

nao deveria ser meu ou teu? $:

Rita Guimarães disse...

Tão bonito *.*

alexandrapinto disse...

Foste memso querida com o "amô" *.*.*

RuteRita disse...

e eu aceito.
amo - te

Rita Guimarães disse...

Ohn, que linda *.*
Obrigada (:

Anna Munhoz disse...

ohh, obrigada querida :)

• cynthia bs disse...

Obrigada digo eu, querida. Amo-te (ll)

Jhenyffer Andrade ;* disse...

Tem selo pra ti no meu Blog, passa lá pra pegar
*-*
Abraços;

Patrícia Monteiro disse...

adorei :D

juca ♥ disse...

oh , muito obrigada princesa.
eu digo o mesmo meu amor ♥

CarláFernandes ♥ disse...

posha pode ser inventado mas ta tão lindooo!

amei *-*

anna silva disse...

obrigada amor , tu escreves cada texto mais lindo :o

Daniela disse...

És uma fofinha meu amor ♥

simple writer disse...

sabes, o que escreveste neste texto por muito mais que tenha sido inventado, poderia ter sido escrito por mim há uns meses atrás, porque é complicado quando num dia se tem a pessoa que mais ama ao nosso lado e no outro por asneira dessa mesma pessoa ja nao se tem. eu sentia-me derrotada com as saudades e ao mesmo tempo nao o queria ver. era uma luta intensa entre o coraçao e a minha mente. por fora eu estava bem, mas por dentro ninguem sabia como eu estava.

Tatiane Padilha disse...

Nossa que texto simplismente PERFEITO!
Me encantei com o seu blog!
Te seguindo!

Beijoo!

mónicacosta disse...

esta completamente lindo *.*

CatarinaFerreira* disse...

Oh (;
amo-te minha querida *

Joann disse...

obrigada meu amor !
está tão lindo, mas ao mesmo tempo triste, e eu já senti isso tudo, é horrível, não deixes que te faltem as forças, como eu, :x

de' afonso ☮ disse...

obrigado querida (:

RuteRita disse...

agradecia que levasses o género de selo e as perguntinhas pf (: se não o encontrares na pagina inicial, vai à pagina dos selos e é o segundo, a seguir ao selo oficial e as perguntas estão por baixo. (:

LuisaSanheiro disse...

Gosto bastante do teu blog. Parabéns, transpareces a cor da tua alma nas palavras.

Já agora se não te importares podias dizer-me como pões a música nas mensagens do blog? $:

maria inês disse...

está lindoo *-*

Marcos de Sousa disse...

Lindo texto, pena que um pouco triste.

Beijos

Danii disse...

Adoro! Escreves imensamente bem, estou a seguir :)