11 de janeiro de 2011

And I won´t be persuaded, I´m half way out the door...


Julgas saber cada um dos meus passos, julgas até saber perfeitamente o que sinto, mas não, no fundo não sabes nada de nada, não sabes como está o meu coração quando lembro o passado. Não tens a mínima noção de como dói ter-te apenas por breves momentos, ver-te partir fazendo-me prometer que será apenas mais um segredo. Ambos seguimos caminhos diferentes e provavelmente só nos encontraríamos nos meus logico-os sonhos. Mas erras cada vez que te esforças para lembrar, erras quando tentas negar, fazes tudo mal desde que carregas no teu peito a dor mais cruel e dura que alguma vez me fizeste sentir. É exactamente assim que eu te vejo, a suportar a dor que causas em mim e em tudo que te ama e tu desperdiças e é da maneira mais cautelosa que caminho pelas mesmas ruas que tu. Um grande esforço para dificilmente me ausentar de ti.
Queria dizer-te que o que um dia foi nosso já está morto e mais que enterrado, mas prefiro dizer que o calor do sol secou os oceanos, ambos são mentiras e neste momento não sei nem te quero explicar o que realmente quero deste nosso trajecto diferente. Sinceramente tenho pena de te ter amado num constante ódio-amor-ódio-amor.  
E agora? Consegues calar a boca e gritar com os olhos que nunca me mentiste? Consegues olhar para trás e não ver o que perdeste? 


(inventado)

21 comentários:

Daniela disse...

Ai que lindo meu amor *-*

juca ♥ disse...

mais um texto lindo ♥

anna silva disse...

sua lindona minha :$

juca ♥ disse...

esta lindo ♥

anna silva disse...

falo pois amor :$

anna silva disse...

és tuu amor :$

durante algum tempo , ♥ disse...

AMOOO !

RuteRita disse...

wow wow wow o:
óbrigada amor

oh meu Deus oh meu Deus disse...

um blog 95% feminino...

talvez tenha ganho...

o que é engraçado é que do ponto de vista feminino o outro sempre perde

simple writer disse...

por vezes eles pensam que nos conhecem, e no momento fulcral surpreendemo-los ;)

Daniela disse...

Amor gosto muito de ti <3

Daniela Ramos disse...

É assim mesmo, muita força linda.
Beijo *

Joann disse...

obrigada eu minha querida, amei o teu, mesmo *.*

alexandrapinto disse...

obrigada *.*

juca ♥ disse...

claro que sim marília !

CatarinaFerreira* disse...

Oh , cala-te meu amor (;
amo-te muito mesmo princesa *

• cynthia bs disse...

Ai, querida, é mesmo tão profundo! Beijo **

isabel correia. disse...

adorei :o

Anna Munhoz disse...

"E agora? Consegues calar a boca e gritar com os olhos que nunca me mentiste?" adoro ! pois os olhos dizem muito mais do que a boca algum dia pode falar :)

Marcos de Sousa disse...

Tem alguns selos para você lá no meu blog. Depois passa lá para buscar!

http://omundosobomeuolhar.blogspot.com/2011/01/reaprendendo-voar.html

Beijos

mónicacosta disse...

amo este texto <3